Jose Goncalves solo action vs. NYCFC
David Silverman

Antevisão: É urgente vencer para ficar mais perto dos play-offs

O confronto entre Kei Kamara e a sua antiga equipa tem sido o principal tema de conversa a anteceder o jogo de sábado entre o New England Revolution e o Columbus Crew, mas o mais importante neste encontro vão ser os três pontos em disputa uma vez que as duas equipas necessitam urgentemente de vencer para poderem aproximar-se dos lugares que dão acesso aos play-offs.

“Tenho de manter as minhas emoções em cheque e estar preparado para isso, mas neste momento o importante é o grupo, é conseguir os três pontos,” reconheceu o internacional da Serra Leoa quando instado a comentar o que irá sentir quando entrar em campo para defrontar a sua antiga equipa. “[Vou] fazer tudo o que for necessário, e da minha parte transmitir tudo o que aprendi quando lá estive [em Columbus] e passar isso à rapaziada no balneário para termos a certeza de que estamos preparados e obtemos todos os pontos neste jogo.”

O técnico Jay Heaps, embora reconheça que o adversário de sábado tem mais valor do que a posição na tabela classificativa possa sugerir (nono lugar, 16 pontos), considera que o mais importante é que os seus jogadores estejam concentrados.

Depois de reconhecer que “Columbus tem uma boa equipa, fazem as coisas bem, o Ola Kamara (7 golos) tem sido excelente para eles, sabe jogar sem bola, faz coisas interessantes em termos atacantes”, Jay Heaps sugeriu que “este jogo vai ser mais sobre nós, temos de saber lidar como eles, mas fazendo o nosso jogo.”

A segunda volta teve o seu início na quarta-feira e começou mal pois o Revolution perdeu, em casa, por 1-0, frente ao líder destacado da Eastern Conference, o New York City FC. Por isso, neste momento a turma de Foxboro encontra-se no oitavo lugar, a 11 pontos do líder, mas apenas a um ponto dos lugares que dão aceso aos play-offs.

“Obviamente não queríamos estar nesta posição a meio da época, mas não estamos muito distantes dos pontos que conquistámos o ano passado por esta altura e como tal temos de manter isso em perspectiva,” sugeriu o guardião Brad Knighton que deverá ser titular nesta partida porque Bobby Shuttleworth foi expulso na ponta final da derrota de quarta-feira. “Ainda falta quase metade da época e três ou quatro vitórias seguidas colocam-nos no topo da tabela. Não estamos muito atrasados e ainda controlamos o nosso destino.”

Embora a equipa ainda dependa apenas de si para poder chegar aos play-offs, o certo é que não há tempo a perder, é importante começar a amealhar pontos, especialmente nos jogos disputados no Gillette Stadium.

“É muito importante tirar os pontos, não podemos falhar agora” – José Gonçalves

“Sim, claro, agora estamos numa fase de fim de campeonato, quando toda a sente sabe que é muito importante tirar os pontos, não podemos falhar agora, são jogos importantes,” salientou o central José Gonçalves. “Vamos ter o próximo jogo em casa, temos que ter a cabeça já nos play-offs, é importante ganhar jogos, ganhar pontos é muito importante.”

Igualmente importante será o estado de espírito da equipa, mas nesse aspecto a situação parece estar bem controlada.

“A nossa reacção tem de ser positiva, temos de perguntar a nós próprios que é que poderíamos ter feito mais”, indicou Jay Heaps. “É [tempo de] arregaçar as mangas e se for possível fazer algo mais.”

“Se a partir de agora ganharmos todos os jogos disputados em casa estamos nos play-offs,” acrescentou Knighton. “Essa é a mentalidade que temos, no balneário estamos todos com uma mentalidade positiva, todos na mesma página, todos juntos nos momentos difíceis. Se conseguirmos sair desta fase, e penso que o vamos conseguir, isso demonstrará o carácter desta equipa.”

Este será o primeiro de três jogos entre as duas equipas e estes conflictos poderão desempenhar papel decisivo na determinação de qual delas ficará apurada para os play-offs.

“Sim, claro,” reconhece José Gonçalves. “Columbus também é uma equipa que está atrás de nós, eles tiveram um início de campeonato muito complicado também, nós também, por isso eles querem tirar pontos. Sábado vamos jogar aqui em casa, vai ser um jogo muito intenso, as duas equipas querem ganhar, e para nós o objectivo é ganhar.”

É preciso começar a ganhar

Para o médio Kelyn Rowe chegou a altura de começar a mostrar serviço, à semelhança do que tem acontecido nas últimas temporadas.

“Temos conversado sobre a importância que a segunda volta tem para nós,” revelou Rowe. “Nesse aspecto temos estado bem nos dois últimos anos mas esta é a altura em que temos de mudar o rumo, a altura de começar a melhorar e começar a ganhar jogos e entrar em séries vitoriosas de forma a consegui um lugar nos play-offs – no topo da East [Conference].”

O Revolution entra neste jogo com três derrotas consecutivas, pelo que chegou a altura de seguir as recomendações de Kelyn Rowe. ‘Pontos precisam-se’ terá de ser o lema para o jogo de sábado, que tem início marcado para as 19:30, no Gillette Stadium.

Topics: